noventa e nove

26 junho 2006

Depois de tanto tempo fora...




... só podiamos recomeçar com uma grande notícia.


Jorge Gabriel vai ser treinador-adjunto do FC Arouca que alinha na 1ª divisão distrital da Associação de Futebol de Aveiro. Ena, ena!

A má notícia é que vai conseguir conciliar este trabalho com o de apresentador do programa da manhã 'Praça da Alegria' da RTP1. Ainda não é desta...

29 março 2006

Caso mental

"Margarida Rebelo Pinto e a editora Oficina do Livro interpuseram uma providência cautelar para impedir a venda de um livro que analisa criticamente a obra da escritora."

"O escritor João Pedro George tem no prelo da editora Objecto Cardíaco a obra «Couves & Alforrecas: Os Segredos da Escrita de Margarida Rebelo Pinto», que parte de um texto que publicou em Outubro de 2005 no blog Esplanar, agora retirado devido à publicação em livro."

"Na opinião do escritor, um dos aspectos que pode ter desagradado à escritora é o facto de a ter designado como «um caso mental», numa alusão a Fernando Pessoa, «para quem os escritores portugueses só eram originais uma vez e depois se copiavam a si próprios nos livros seguintes»."

Confesso que gostava de ler o livro. Do João Pedro George, claro. Para quem quiser ler a notícia na íntegra, pode fazê-lo aqui.

VB

18 março 2006

E depois da nova lei sobre o trabalho...


Mais uma nova lei em França... mas sobre os "roubos digitais". Uma multa de 38 euros para aqueles que fazem downloads ilegais para uso privado. E como é que vão fazer para os apanhar? Vão a casa de cada francês efectuar a verificação. Uma dúvida, claro, para quem não percebe nada da nova era informática. Se calhar já há forma de ver... não me ocorre é como.

VB

17 março 2006

Às armas! Às armas!

Está confirmado! O Quaresma é um dos leitores do 99...

RBR

16 março 2006

Herói do mar?!

Ricardo Quaresma disse, em entrevista a um jornal espanhol, que vai torcer pelo Barcelona, nos quartos-de-final da Liga dos Campeões, em que os catalães defrontam o Benfica.
Declarações que revelam um sentido patriótico nulo e uma motivação anti-clubista, de uma pessoa com responsabilidades, quanto mais não seja por ser admirado por crianças que, agora, vão passar a torcer pelos clubes que jogam contra uma equipa portuguesa que, por acaso, não é a deles. Declarações que instigam ao fabrico de cachecóis com inscrições do género “Lampião é merda” ou “Anti-tripeiro”, que proliferam pelas bancadas dos relvados portugueses, todos os fins-de-semana. Assim nascem mais uns quantos Fernandos Madureiras para serem líderes de claques, daqui a uns anos.

Quaresma diz que vai torcer pelo Barça, do “português” Deco, simplesmente porque é a melhor equipa do Mundo.
Não lhe fica bem.

Mas agora pergunto: caso seja convocado para o Mundial da Alemanha e se, eventualmente, numa fase adiantada, Portugal tiver que jogar com o Brasil - considerada a melhor selecção do Mundo - Quaresma deve jogar? Afinal, deve querer que ganhe o Brasil...
Será que queremos este “português” a envergar a camisola das quinas?


P.S.: Prometo que o próximo post não vai ser sobre futebol!


RBR

11 março 2006

Adeus Espectro

Para desgosto de alguns e espanto de muitos, o Espectro fechou a loja. E, por uma razão, a meu ver, pouco credível. Parece-me mais uma desculpa. Um blog que era, por norma, actualizado mais do que duas e três vezes por dia, deixa o motivo "falta de tempo para o fazer como ele deveria ser feito" cair por terra. No entanto, é uma decisão legítima, que deve, com certeza, ter uma boa razão por trás, e em estado democrático temos obrigação de aceitá-la pacificamente. Eu arrisco. Os comentários, que eram quase sempre à centena, carregavam constantemente um gozo, uma lição, um ensinamento, uma crítica negativa. Alguns até diziam algo com interesse, mas muitos não diziam nada, outros eram vaidosos e queriam, apenas, protagonismo, poucos chegavam a ser insultuosos e a maioria integrava-se num chat. Sob a pressão de deixar a caixa aberta, em nome da liberdade de expressão, a condescendência era inevitável, mas a sujeição a tal cenário não. Solução: o terminus do espaço virtual. Não passa de uma possibilidade avançada sem consistência comprovada.

Adenda: Talvez para comprovar a minha teoria, reparei que a caixa de comentários d'O Espectro já não aceita comentários anónimos. Agora, se quiserem comentar, têm que se identificar. Estranho... Porquê e para quê tomar esta atitude a esta altura?

VB

Para que conste: os porteiros lamentam profundamente que uma das leituras diárias desta porta se tenha fechado. Aguardamos novas notícias.

09 março 2006

Ciuminho presidencial













Cavaco tomou posse.

Alegre não comentou o discurso, Jerónimo e Louçã limitaram-se a criticar e Soares nem sequer o cumprimentou. Alguém viu o Garcia Pereira?

06 março 2006

Eu avisei...

A Academia está a ficar previsível...
Com um mês de antecedência, já aqui se abria uma porta que se diz ter surpreendido os analistas.

RBR

05 março 2006

Galera, a barra tá pesada p'ra selecção...

A selecção de futebol do Brasil acaba de sofrer um grande revés, tendo em vista o Mundial da Alemanha. É que um dos defesas centrais dos "canarinhos" lesionou-se, ontem, com muita gravidade e tem muito poucas hipóteses de participar no Campeonato do Mundo. Pelo menos é o que diz o jornal Marca - esse ícone do jornalismo desportivo espanhol - na edição deste domingo.

Para quem não tiver paciência para clicar no link, aqui fica parte do texto da notícia em causa, onde fiz questão de sublinhar o mais relevante:
"Jorge Andrade se ha roto el tendón rotuliano durante el partido que su equipo disputó este sábado en el Camp Nou y se perderá el Mundial de este verano de Alemania. Aunque los primeros diagnósticos apuntaban a una luxación de rodilla, los exámenes que se le han practicado posteriormente en una clínica del extrarradio de Barcelona han confirmado la gravedad de la lesión.
El jugador brasileño tuvo que abandonar el encuentro entre el Barcelona y el Deportivo de La Coruña (3-2) en el tramo final del mismo y tras un lance que dejó lastimada su rodilla derecha y que hizo desde el principio temer por la gravedad de la lesión. Así, Andrade fue trasladado a la Clínica Asepeyo, acompañado por su esposa, donde comenzaron a realizarse unas primeras pruebas que en un primer momento parecían indicar hacia una luxación de rotula."

P.S.: Afinal, já não estou tão chateado pelo facto do Cavaco ter decidido dar a primeira entrevista pós-eleições a um jornal espanhol. Pode ser que, no estrangeiro, fique a ideia que o senhor é brasileiro e nada tem a ver com Portugal...

RBR

Gracias, su hijo de putana









O Presidente eleito (não de todos os portugueses, porque eu não votei nele) passou 3/4 da campanha de boca fechada. Nas poucas alturas em que a abriu, falou essencialmente de economia e de como, com ele, Portugal saberia sair da "cauda" da Europa. Falou de como era preciso investir no que é de produção nacional.

Agora, dá a primeira entrevista pós-eleições a uma órgão de comunicação estrangeiro. E não me venham dizer que, assim, Portugal tem mais visibilidade... É só uma entrevista!

Assim se faz um «Portugal Maior». É preciso ter "cojones"! Cabron.

RBR

01 março 2006

Porque será?!

Cinco anos e meio depois, Florentino Perez demitiu-se do cargo de presidente do Real Madrid.

Durante esse período, gastou mais de 432 milhões de euros em jogadores como Luis Figo, Zidane, Ronaldo, David Beckham, Michael Owen e Robinho. Egos que seis treinadores (Vicente Del Bosque, Carlos Queirós, Jose Antonio Camacho, Garcia Remón, Vanderlei Luxemburgo e López Caro) não conseguiram dominar.
Perez alcunhou a equipa de "galáticos" e, com ela, conquistou 7 títulos, entre os quais uma Liga dos Campeões, em 2002.
Agora sai e deixa um plantel composto por jogadores que rotula de "mimados, mal-educados e confundidos".

Ora, se os mais bem pagos recebem cerca de 600€ por hora, independentemente de estarem a jogar, a treinar, a dormir, a praticarem o amor com as respectivas ou com as ilegítimas ou, mesmo, em gravações de anúncios publicitários, estarias à espera, Florentino, que não te dessem dores de cabeça?

RBR

Efeitos pós-Bosman

Grupo C da primeira fase do Mundial da Alemanha de futebol.
Para além da Argentina e da Sérvia e Montenegro, fazem parte do alinhamento a Holanda e a Costa do Marfim.

Na selecção da Costa do Marfim pontifica um jogador que dá pelo nome de Bonaventure Kalou. Pelos holandeses e, se tudo correr como quer o seleccionador Van Basten, pode vir a jogar um futebolista chamado Salomon Kalou.

Frente-a-frente vão estar Kalou e Kalou.
Sim, são irmãos e ambos marfinenses, de nascença.

RBR

27 fevereiro 2006

Para mais tarde recordar...














Vítor Baía regressou à baliza do Futebol Clube do Porto.
Logo num clássico frente ao Benfica.
Logo para cumprir o seu 400º jogo na Liga portuguesa.
Baía fez questão de assinalar a data.
Com um momento inesquecível... à Baía!

Foi, concerteza, um momento que a claque dos azuis-e-brancos, não vai esquecer tão cedo. Desconfio que até o previam! Colocados atrás da baliza onde Baía sofreu o golo, os SuperDragões tinham máscaras de protecção, que alegavam ser necessárias por causa do vírus H5N1.
Ironia do destino...


Revista de imprensa

"O único golo da partida foi marcado por Robert, muito devido a um erro de Vítor Baía."
Diário Digital

"Baía parecia ter a coisa controlada mas, surpreendido por um ressalto, deixa-se bater, mal."
Mais Futebol

"Fatal! A bola ganhou efeito caprichoso e enganou Vítor Baía, que, não obstante a velocidade do esférico, parece ter sido mal batido."
A Bola

"Águia voa com frango. O «disparo», forte e colocado, aos 40', traiu Vítor Baía que, ao deixar a bola bater à sua frente, ficou completamente fora do lance."
Record

"Golo de Carnaval. Livre de longe marcado por Laurent Robert com Vítor Baía a ser mal batido."
O Jogo

"Gripe das aves abate Dragão. Pontapé poderoso do francês com a bola a trair Baía já em queda e a passar-lhe por cima do braço direito, num grande frango."
Correio da Manhã

"A bola partiu com efeito, ainda terá tocado no relvado e Vítor Baía não foi capaz de deter o esférico, que caminhou paulatinamente para a sua baliza"
Diário de Notícias

"Erro de Baía mantém Benfica na corrida. Um 'frango' de Vítor Baía - não susteve uma bola perfeitamente defensável de Laurent Robert - acabou por desequilibrar a balança"
Jornal de Notícias

"O único golo da partida foi apontado pouco depois da linha de meio campo e acabou por trair Vítor Baía, regressado hoje à titularidade na baliza portista."
Público

"Robert marcou o golo decisivo com uma ajuda de Vítor Baia."
Renascença

"O triunfo dos «encarnados» ficou a dever-se a um golo invulgar do francês Laurent Robert, com a ajuda do guarda-redes Vítor Baía, que hoje regressou aos revaldos."
TSF


RBR

26 fevereiro 2006

Resposta...

... a este post. Por maradona, n'a Causa foi Modificada.

«Professor Doutor Vasco Pulido Valente devia abster-se num sem número de matérias, e esta devia encabeçar a lista. A produção de valores incomparáveis numa área qualquer agora é sinal de "miséria". Quer dizer, se um gajo produzisse bens universalmente apreciados como os chocolates da Bélgica, ou os carros da Alemanha, ou os perfumes e as excelentes centrais nucleares da França, o design da Itália, os móveis da Suécia, etc e tal, tudo isso constituiria naquela cabeça sinal claro de desenvolvimento do país, agora jogadores que produzem jogadas e imaginações de bola nos pés como mais ninguém, o facto de toda a gente os querer e de nós não termos dimensão (DIMENSÃO, Professor Doutor Vasco Pulido Valente, D-I-M-E-N-S-Ã-O), para os manter cá nos nossos clubes de bairro, não, é sinal de "miséria". (...)»


De facto, escrever sobre o que não se conhece nunca dá muito resultado. Ficou provado que VPV não percebe muito de futebol. Mas, o que me faz confusão é que nem sequer é preciso perceber muito de futebol para se saber que levar o nome de Portugal além fronteiras, através dos nossos talentos, não é significado de "miséria nacional". Muito pelo contrário. Será que VPV acha que nomes como Amália e Figo deveriam ter ficado confinados aos limites do nosso pequeno território? E o Guterres? Será que se VPV fosse convidado para um qualquer cargo noutro país, com uma maior visibilidade, recusaria? Em nome do prestígio nacional?

VB

Inimputáveis


"O ministro da Segurança Social, Vieira da Silva, considerou hoje que baixar a idade de responsabilização dos jovens perante a Justiça não é a melhor solução para resolver problemas de delinquência como o que levou à morte um sem-abrigo no Porto." Lusa

A responsabilidade penal é atribuída de acordo com o pressuposto de que um jovem já consegue distinguir o bem e o mal, o certo e o errado. Ora, a lei define que só um jovem a partir dos 16 anos tem essa capacidade. Significa que um adolescente com 14 ou 15 anos não tem esse discernimento. Não tem capacidade para avaliar as consequências de um acto. Calculo que, o filho de um legislador, com 15 anos, se chegar a casa e disser que matou um homem à pedrada, o pai da lei diga que até é normal, porque com aquela idade ainda não sabe distinguir o bem do mal. Portanto, nem sequer sabia que estava a cometer um crime. Estava, possivelmente, apenas a ocupar o tempo...

Estou a exagerar? Talvez. Mas, é quando se leva as coisas ao extremo que se atinge um melhor esclarecimento. É assim que se consegue ter plena percepção do significado das normas. E a norma vigente significa aquilo mesmo.

Mas, o Ministro Vieira da Silva tem a solução:

"A melhor solução é sempre, por um lado, termos uma resposta social, uma consciência social mais perfeita e mais eficaz dos riscos que existem nas nossas comunidades e depois termos políticas sociais e criminais, quando for o caso, políticas de justiça que melhorem a situação das nossas crianças e jovens." Lusa

Alguém consegue extrair destas palavras dignas de emolduramento algo de consistente e que se traduza numa solução? Pura retórica. Não passa disso.

Falar é curto. É preciso agir. É preciso travar comportamentos desviantes. A condescendência não pode ser aceitável quando um grupo de jovens mata um homem (seja ele sem-abrigo, transsexual ou toxicodependente). A solução passa pela punição. Não me parece que três meses, em regime semi-aberto, numa casa de correcção seja a solução mais eficaz. Será que estes jovens que não hesitaram em matar vão "aprender" a viver em sociedade de forma honesta em três meses? Nem sequer vão sentir na pele as consequências do acto!

Mas, coitados. Afinal, são inimputáveis!

VB

25 fevereiro 2006

Mourinho no desemprego?


Ao 50º jogo em casa sob o comando de José Mourinho, o Chelsea perdeu. Foi com o Barcelona, é certo, mas perdeu!

Não conheço os contornos do contrato que o treinador português assinou com o Abramovich, mas acho que uma derrota em casa dá direito a despedimento com justa causa...


RBR

24 fevereiro 2006

Ora aqui está...













...uma bela razão para não querer sair da ilha!

E porque gosto de vocês, aqui fica uma paragem obrigatória para quem, como eu, acha que não vai ter paciência para esperar.

RBR

22 fevereiro 2006

Boas notícias para os fãs de Foo Fighters

Tendo em conta o passado recente, a banda do ex-Nirvana Dave Grohl está a um passo de voltar ao Rock in Rio Lisboa.

RBR

21 fevereiro 2006

A máscara de ferro


Qualquer dia faço um estudo sobre os que não gostam de dar a cara, muito menos o nome. É uma questão que me faz pensar. Será que têm vergonha de ser quem são? Será que não sabem, sequer, quem são e, por isso, estão incapacitados de se identificar? Ou será que é tudo uma questão de falta de confiança? De insegurança? Ou de medo? Mas, para estes problemas há soluções. Já há tratamentos para aumentar a auto-estima, a convicção do próprio valor, a segurança, diria mesmo, o atrevimento. É triste quando vemos que esvoaça tanta gente por aí sem um pingo de coragem. Coragem para se afirmar. Os anónimos não devem ter vergonha de ser quem são. Podem não ter sido bafejados pela sorte, ainda assim podem sempre inventar um nome, que a tecnologia ainda não permite ver o resto!

Estes anónimos da treta! Escondidos atrás de uma máscara de ferro. Assim nem dá gosto! Uma pessoa quer instigar à polémica e não pode. Está mal!

VB

Insónias - parte II

Os dois porteiros deste blog estão em desacordo.

Cura para o cancro? Vacina para a gripe das aves? Sida?! Nah!!!
Deixem lá os rapazes criar a pílula anti-sono.

E não sou só eu que penso desta forma.
Não é, malta viciada em FM?

RBR