noventa e nove

27 janeiro 2006

Em que ruas estão as prioridades da EPAL?

A conduta estava referenciada há mais de 3 anos para ser reparada, mas não era uma prioridade. Aliás, o dinheiro não chega para tudo. Aguarda-se pelo caos. Agora, sai mais barato pagar 60 carros, oito residências e nove lojas comerciais, para além de todos os danos no Hospital da Marinha.

VB