noventa e nove

24 janeiro 2006

Tributo a Paul McCartney

Mais uma primeira página encomendada por Pinto da Costa ao jornal O JOGO. O homem deve mesmo estar a sentir que, a sul, há outro senhor, Veiga de seu nome e adepto do Porto (só podia) mas dirigente do Benfica, que lhe está a tirar protagonismo.
Desta vez, PC insiste na história do jantar com o antigo fiscal de linha Devesa Neto. Numa alusão ao nome do restaurante onde teve lugar o repasto, em Penafiel, PC acusa o inimigo (a.k.a. Veiga) de "andar de sapo em sapo".

Todos nos lembramos do sapo grande e gordo, que cantarolava no video da música "We all stand together", de Paul McCartney, no longínquo ano de 1984. A referência é óbvia.
PC faz-me lembrar esse sapo, sempre que abre a boca. Ainda por cima, instiga ao anti-clubismo. Ao fanatismo. É por causa dele que se fazem cachecóis com inscritos do género "Anti-lagartos" ou "O Benfica é merda".
Há muito que o nenúfar onde se senta devia ter-se afundado no lamaçal do Olival. Mas há jornais como O JOGO que o deixam ficar à superfície...

RBR

1 Comments:

Enviar um comentário

<< Home