noventa e nove

08 fevereiro 2006

A eterna argumentação

Apesar da ironia a que Constância Cunha e Sá nos habituou poder dar azo a más interpretações, aconselho a leitura desta nota ao governo. Está, de facto, hilariante.

VB