noventa e nove

21 fevereiro 2006

A máscara de ferro


Qualquer dia faço um estudo sobre os que não gostam de dar a cara, muito menos o nome. É uma questão que me faz pensar. Será que têm vergonha de ser quem são? Será que não sabem, sequer, quem são e, por isso, estão incapacitados de se identificar? Ou será que é tudo uma questão de falta de confiança? De insegurança? Ou de medo? Mas, para estes problemas há soluções. Já há tratamentos para aumentar a auto-estima, a convicção do próprio valor, a segurança, diria mesmo, o atrevimento. É triste quando vemos que esvoaça tanta gente por aí sem um pingo de coragem. Coragem para se afirmar. Os anónimos não devem ter vergonha de ser quem são. Podem não ter sido bafejados pela sorte, ainda assim podem sempre inventar um nome, que a tecnologia ainda não permite ver o resto!

Estes anónimos da treta! Escondidos atrás de uma máscara de ferro. Assim nem dá gosto! Uma pessoa quer instigar à polémica e não pode. Está mal!

VB

1 Comments:

Enviar um comentário

<< Home